Quero fazer Cursilho
Escola Vivencial
Deixe seu recado
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
Aula 04/2012
ESCOLA VIVENCIAL DO GED DE PIRACICABA – 2012
 
04 – OS FUNDAMENTOS DO CURSILHO – PARTE IV
 
26/Março/2012
 
Critérios para escolha de funções -: Ao distribuir as funções o(a) coordenador(a) procura levar em conta as experiências ou habilidades de cada um. Isso significa que, se houver na equipe um(a) médico(a) ou um(a) enfermeiro(a), o(a) coordenador(a) naturalmente lhe atribuirá a função de bem-estar, assim como designará para a função de secretário(a) aquele(a) que, por prática profissional, tiver mais afinidade com o computador. Ninguém espera, entretanto, perfeição técnica: a perfeição ocorre como resultado da dedicação, da seriedade e do amor.
 
Lembre-se que é sinal de colaboração e obediência aceitar a função que lhe foi designada, mas você tem liberdade de solicitar a troca de função se sentir que não pode desempenha-la a contento.
 
Detalhes da função -: A descrição da função pode parecer excessivamente detalhada, mas isso é apenas para ajudar, para facilitar. Leia atentamente a descrição da função que lhe foi designada, observe que pode haver parte dela que deve ser feita antes, e/ou durante e/ou depois. Lembre-se que tudo o que pode ser feito antes significa mais tempo, dentro do cursilho para fazer o trabalho de corredor. Lembre-se também que nada pode ser esquecido de ser feito depois do encerramento do cursilho.
 
Dúvidas e dificuldades -: Exponha, na reunião prévia todas as dúvidas que você tiver sobre a sua função e faça as anotações necessárias. Anote, também, os nomes dos outros responsáveis dos quais sua função depende. Procure, também, lembrar-se das funções designadas aos outros responsáveis, para saber a quem se dirigir em caso de necessidade.
 
Funções partilhadas -: Sempre que uma mesma função for atribuída a mais de um responsável, o(a) coordenador(a) sempre se dirigirá ao primeiro titular caso precise pedir ou verificar algo. Cabe, entretanto, ao responsável titular dividir as tarefas da melhor maneira possível a fim de ensinar os demais naquela função.
 
Missões variáveis -: Algumas tarefas não dizem respeito a uma função especifica, mas são atribuídas independentemente delas: orações, leituras e comentários nas missas, necessidade imediatas, etc. O(A) coordenador(a) designará, nas reuniões da noite, a quem caberá cada uma dessas tarefas e dará os detalhes necessários.
 
Funções Base -: Coordenador(a), Auxiliar de Coordenador(a), Tesoureiro(a), Secretário(a), Animador(a) do Folclore, Encarregado(a) de Sala, Encarregado(a) do Bem-Estar, Encarregado(a) da Livraria, Bar e Boutique, Encarregado(a) de Liturgia, Sineteiro(a), Encarregado(a) de Material e Encarregado(a) da Cozinha,
 
Funções Auxiliares na Sala -: Contador(a), Auxiliar de Sala, Cronometrista.
 
Funções Auxiliares na Cozinha -: Encarregado(a) da Copa, Contato Interno, Contato Externo e Encarregado(a) da Limpeza.
 

Site criado com o sistema Easysite Empresarial da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA